O estreante Pazzini comanda virada da Inter

domingo, 30 de janeiro de 2011 16:54 BRST
 

MILÃO (Reuters) - O substituto Giampaolo Pazzini marcou duas vezes e sofreu um pênalti em uma estreia pela Inter de Milão, que perdia por 2 x 0 e venceu o Palermo por 3 x 2, numa partida emocionante neste domingo no Estádio Giuseppe Meazza.

O segundo colocado Napoli também deu show, batendo a Sampdoria, ex-clube de Pazzini, por 4 x 0 com o atacante uruguaio Edinson Cavani marcando três gols, fazendo a diferença para o Milan reduzir a diferença de volta aos quatro pontos.

Em uma das melhores partidas da temporada, a quarta colocada Inter saiu em desvantagem apesar de dominar o primeiro tempo, com gols de Fabrizio Miccoli e Antonio Nocerino a favor do Palermo Palermo.

Pazzini, contratado na sexta-feira, entrou no jogo após o intervalo e logo marcou numa bela virada, antes de Javier Pastore do Palermo cobrar um pênalti que Julio Cesar defendeu.

Logo em seguida, Pazzini aproveitou um escanteio cobrado por Maicon, empatou com uma cabeçada fulminante. Aos 31 minutos, Pazzini foi puxado na área e sofreu pênalti que Samuel Eto'o cobrou bem para concretizar a virada da Inter.

"Era impossível pensar que seria assim, parece um sonho," disse Pazzini à TV Sky.

"Foi uma tarde cheia de alegria, emoção e satisfação. Vai ser difícil esquecer."

JOGO DA ROMA É INTERROMPIDO

O treinador Leonardo, cuja equipe perdeu a primeira partida sob seu comando no final de semana passado para a Udinese, apostou alto ao promover a entrada dos recém-contratados Pazzini e Houssine Kharja no início do segundo tempo, quando a Inter perdia por 2 x 0.   Continuação...

 
<p>Giampaolo Pazzini do Inter de Mil&atilde;o comemora com seu colega Maicon ap&oacute;s marcar gol durante jogo contra o Palermo. O substituto marcou duas vezes e sofreu um p&ecirc;nalti em uma estreia pela Inter de Mil&atilde;o, numa partida emocionante neste domingo no Est&aacute;dio Giuseppe Meazza. 30/01/2011 REUTERS/Paolo Bona</p>