Newcastle surpreende o Arsenal com chuva de gols

sábado, 5 de fevereiro de 2011 16:34 BRST
 

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - O Newcastle United produziu uma recuperação impressionante ao empatar em 4 x 4, em casa, com o Arsenal após estar perdendo por 4 x 0, neste sábado, quando um recorde de 38 gols foi registrado na rodada do Campeonato Inglês.

O segundo colocado Arsenal já tinha quatro gols de vantagem aos 26 minutos de partida, com Robin van Persie marcando duas vezes. Mas depois que Abou Diaby foi expulso aos cinco minutos do segundo tempo, o time anfitrião atacou quatro vezes para garantir o improvável um ponto pelo empate e deixou o Arsenal quatro pontos atrás do líder Manchester United, que enfrenta o Wolverhampton Wanderers ainda neste sábado.

Carlos Tevez marcou três gols antes do intervalo e conquistou a vitória por 3 x 0 para o terceiro colocado Manchester City diante do West Bromwich Albion, sendo dois deles em cobranças de pênalti, e o City diminuiu a vantagem do United para cinco pontos.

O quinto colocado Tottenham Hotspur empatou em pontos com o Chelsea depois que o substituto Niko Kranjcar fez o gol da vitória por 2 x 1 sobre o Bolton Wanderers, enquanto o Sunderland perdeu por 3 x 2 para o Stoke City depois de liderar o placar por duas vezes.

Louis Saha deixou sua marca quatro vezes na vitória por 5 x 3 do Everton sobre o Blackpool. O Wigan Athletic derrotou o Blackburn Rovers por 4 x 3 e conseguiu sair da zona de rebaixamento, enquanto o Aston Villa e o Fulham empataram em 2 x 2, em Villa Park.

Os 38 tentos do dia superou o recorde anterior do Campeonato Inglês que era de 36 gols em um único sábado, estabelecido no dia 27 de novembro do ano passado.

O Arsenal ficou se torturando, pois não conseguiu manter a pressão no líder Manchester, quando a quarta vitória consecutiva no campeonato parecia já garantida.

Theo Walcott abriu o placar para o Arsenal no primeiro minuto de jogo e Johan Djourou marcou o segundo de cabeça. Logo depois, Van Persie fez mais dois, o que levou alguns torcedores locais a deixar o estádio.

A expulsão de Diaby, no entanto, mudou a maré contra o time visitante, que pareceu se desmontar depois que o pênalti de Joey Barton, aos 23 minutos da etapa complementar, reavivou as esperanças do Newcastle.

Leon Best fez 4 x 2, Barton marcou novamente da marca do pênalti e Cheik Tiote empatou aos 42 com um belo voleio de 20 metros.