Di Matteo é demitido do West Bromwich

domingo, 6 de fevereiro de 2011 14:51 BRST
 

(Reuters) - A má fase do West Bromwich Albion custou o cargo do treinador Roberto Di Matteo. A demissão foi anunciada neste domingo.

A derrota, no sábado, por 3 x 0 contra o Manchester City deixou o clube no 16 lugar no Campeonato Inglês, dois pontos acima da zona de rebaixamento, e se tornou a 13 derrota nas últimas 18 partidas em todas as competições que disputou.

"Esta foi uma decisão difícil," disse o presidente do conselho do West Brom Jeremy Peace no site oficial do time (www.wba.co.uk). "Mas nós acreditamos que é o momento certo para dar ao clube a melhor chance possível de continuar na primeira divisão do Campeonato Inglês."

O antigo meio-campista do Chelsea Di Matteo liderou o time da região central da Inglaterra de volta para o Campeonato Inglês na temporada passada e conquistou os especialistas no início desta temporada com a vitória por 3 x 2 fora de casa contra o Arsenal e o empate por 2 x 2 com o Manchester United também fora de casa.

A equipe conseguiu chegar até a quarta posição em outubro. No entanto, as expectativas de que o time conseguiria se estabelecer na principal divisão foram frustradas com resultados ruins. O cargo do treinador ficou ameaçado também por conta das eliminações nas copas inglesas contra times da segunda divisão.

"A má fase já dura mais de três meses e há poucos sinais de que ela estivesse terminando," disse Pearce. "Se isso continuar por mais tempo, o objetivo de seguir na primeira divisão seria cada vez mais difícil. É por isso que agimos." O técnico interino da equipe será Michael Appleton enquanto o clube "considera as suas opções."

O italiano Di Matteo começou como treinador em 2008 com o time da terceira divisão MK Dons, em que quase conseguiu a promoção, antes de ser contratado pelo West Brom para substituir Tony Mowbray em 2009.

Na sua primeira temporada, ele conseguiu a segunda colocação na segunda divisão atrás do Newcastle United para conquistar a promoção automática para o nível mais alto do Campeonato Inglês.

Di Matteo é o quarto técnico do Inglês a perder o seu emprego nesta temporada. Roy Hodgson do Liverpool, Sam Allardyce do Blackburn Rovers e Chris Hughton do Newcastle foram os outros demitidos.