Milan tropeça novamente e Napoli vence

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 08:59 BRST
 

MILÃO (Reuters) - O líder do Campeonato Italiano AC Milan tropeçou pelo segundo jogo consecutivo no empate em 1 x 1 contra o Genoa neste domingo, o que abriu o caminho para o Napoli cortar a vantagem na liderança para três pontos.

O surpreendente Napoli não conseguiu aproveitar o primeiro tropeço do Milan no empate por 0 x 0 contra a Lazio no meio da semana passada. O time perdeu para o Chievo. Mas, desta vez, o atacante em grande forma Edinson Cavani garantiu a vitória em casa por 2 x 0 contra o Cesena.

O uruguaio, artilheiro do Italiano com 18 gols, aproveitou um cruzamento de Christian Maggio no primeiro tempo. Jose Sosa completou o placar nos acréscimos. "Nós precisamos seguir melhorando," disse Cavani à Sky TV.

A campeã da temporada passada, a Inter de Milão, está em quarto e recebe a AS Roma ainda neste domingo. Se vencer, o time de Milão pode ficar a cinco pontos do Milan se vencer e ainda tem um jogo a menos.

O Milan de Alexandre Pato, que entrou como titular do ataque em vez de Antonio Cassano, aproveitou passe de Zlatan Ibrahimovic para abrir o placar aos 29 minutos do primeiro tempo, mas o atacante do Genoa Antonio Floro Flores conseguiu empatar.

O meio-campo do Milan está quase completo depois de uma série de contusões e suspensões, mas o time genovês defendeu muito bem e mereceu o ponto. Com o tropeço, os torcedores do Milan temem que o título do Italiano, que não acontece desde 2004, pode estar em risco.

"Nós sabíamos que não seria fácil contra o Genoa," disse o técnico do Milan Massimiliano Allegri. Ele acrescentou que o Cassano ainda não estava no melhor da sua forma depois de ficar três meses parados. "Nós sabemos que o campeonato é longo. Mas o Napoli não tem nenhuma pressão, eles não são obrigados a vencer."

LAZIO EMPATA

A terceira colocada Lazio desperdiçou a chance de pressionar o Milan ao empatar por 1 x 1 em casa contra o Chievo. Hernanes colocou o time do capital na frente, mas Cesar empatou para o Chievo.   Continuação...