Renault diz que substituto de Kubica será Senna, Heidfeld ou Liuzzi

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 15:11 BRST
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O brasileiro Bruno Senna, o italiano Vitantonio Liuzzi e o alemão Nick Heidfeld estão na disputa para substituir o lesionado Robert Kubica na Renault, disse o chefe da equipe de Fórmula 1, Eric Boullier, nesta terça-feira.

"Estamos buscando um substituto parar Kubica: os nomes considerados são Senna, Liuzzi e Heidfeld", afirmou o dirigente a repórteres após visitar no hospital o piloto polonês, que sofreu um grave acidente numa prova de rali no domingo na Itália.

"A equipe está perto de Robert, esperamos por ele de braços abertos e esperamos que ele possa voltar antes do final da temporada", acrescentou.

Senna, que pilotou pela equipe HRT no ano passado, é o primeiro reserva na Renault, enquanto Liuzzi e o experiente Heidfeld tentam uma vaga no grid após deixarem a Force India e a Sauber, respectivamente.

Kubica passará por mais cirurgias na quinta-feira para corrigir fraturas no pé e no ombro decorrentes do acidente no fim de semana, e deve permanecer no hospital por mais duas ou três semanas.

A Renault afirma que ele ficará fora por ao menos dois meses, mas os médicos sugerem que o piloto poderia levar um ano para se recuperar completamente.

O piloto polonês foi submetido a uma operação de sete horas realizada por duas equipes de cirurgiões no domingo, após ter sofrido múltiplas fraturas na mão, perna e braço direitos após um acidente em alta velocidade numa prova de rali na Itália.

A principal preocupação inicial dos médicos, além da considerável perda de sangue, era com a recuperação da mão direita de Kubica, já que o piloto sofreu profundos cortes na antebraço e teve lesões graves nos ossos e tendões.

 
<p>Bruno Senna, que pilotou pela equipe HRT no ano passado, pode substituir o polon&ecirc;s Robert Kubica na Renault. 24/09/2010. REUTERS/Tim Chong</p>