Gasto de clubes ingleses surpreende dirigente do Barcelona

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 16:41 BRST
 

GENEBRA (Reuters) - O Chelsea pagou muito por Fernando Torres, e o Barcelona "nem mesmo consideraria" gastar o valor de 50 milhões de libras (80,62 milhões de dólares), disse o diretor de futebol do clube espanhol na terça-feira.

O atacante espanhol de 26 anos, que marcou 65 gols em 102 jogos pelo Liverpool no Campeonato Inglês, trocou de clube no último dia da janela de transferências, na semana passada.

No entanto, Torres passou em branco em sua estreia pelo Chelsea, justamente contra o Liverpool, durante a derrota de 1 x 0 do clube londrino no domingo. Os acordos entre Chelsea e Liverpool envolveram 135 milhões de libras na última segunda-feira.

"Fiquei chocado com a quantidade que foi gasta, especialmente durante o inverno (europeu). Acredito que a quantidade foi muito alta", afirmou Raul Sanllehi à Reuters na reunião anual da associação de clubes europeus.

"Sei que o Barcelona não faria este tipo de contratação agora, nem mesmo consideraria isso."

"Claro que temos um orçamento, mas um orçamento é como um cobertor: se você puxa para o queixo, precisa que os pés fiquem aquecidos", acrescentou ele.

O Liverpool gastou cerca de 55 milhões de libras (88,68 milhões de dólares) com Andy Carroll (ex-Newcastle United) e Luis Suárez (ex-Ajax Amsterdã), enquanto o Chelsea investiu mais de 70 milhões de libras em Torres e no brasileiro David Luiz, que estava no Benfica.

(Reportagem de Mike Collett)