12 de Fevereiro de 2011 / às 16:53 / 7 anos atrás

Clijsters enfrentará Kvitova na final do Aberto de Paris

<p>Kim Clijsters comemora vit&oacute;ria contra a estoniana Kaia Kanepi no Aberto de Paris, abrindo caminho para a final contra quarta cabe&ccedil;a de chave, a tcheca Petra Kvitova. 12/02/2011 REUTERS/Regis Duvignau</p>

Por Mark Meadows

PARIS (Reuters) - Nova número um do mundo, Kim Clijsters fez uma exibição irregular na vitória de 6-1 e 7-5 sobre a estoniana Kaia Kanepi neste sábado no Aberto de Paris, abrindo caminho para a final contra quarta cabeça de chave, a tcheca Petra Kvitova.

A belga, que ultrapassou a dinamarquesa Caroline Wozniacki no ranking na segunda-feira ao garantir uma vaga na semifinal, não estava em sua melhor forma, mas foi muito superior à irregular terceira cabeça de chave.

Observada por sua filha na plateia quase lotada, Clijsters permaneceu no caminho para seu segundo título no torneio de piso rápido, atualmente sob a direção da tenista francesa aposentada Amelie Mauresmo.

Kanepi fez pouco para conter a campeã dos Abertos da Austrália e dos EUA no início, entregando o primeiro set ao lançar uma bola fácil contra a rede. Ela quebrou o serviço da adversária duas vezes chegando a 4-1 no set consecutivo, mas Clijsters caprichou ainda mais e selou a vitória com um sorriso.

Número 18 do ranking, Kvitova massacrou a norte-americana Bethanie Mattek-Sands por 6-2 e 6-0 com uma saraivada de winners e agora enfrenta Clijsters na final de domingo em clima de confiança.

“Cada partida é diferente. Qualquer um pode derrotar qualquer um”, disse ela após a vitória.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below