"Perdi para o meu corpo", diz Ronaldo

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011 17:30 BRST
 

Por Tatiana Ramil

SÃO PAULO (Reuters) - Acostumado às conquistas, Ronaldo admitiu nesta segunda-feira que foi derrotado pelo próprio corpo. O atacante disse que as dores, até para subir escadas, o fizeram antecipar o fim da carreira e revelou que sofre de hipotireoidismo.

"Tenho que assumir algumas derrotas, e eu perdi para o meu corpo", afirmou o atacante, de 34 anos, numa concorrida entrevista coletiva no centro de treinamento do Corinthians para oficializar o fim de sua carreira.

Ronaldo pretendia se aposentar no final de 2011, quando termina o seu contrato com o Corinthians, mas as limitações físicas levaram o jogador a anunciar o encerramento de uma carreira marcada por títulos e contusões.

"Todo mundo sabe do meu histórico de lesões, tenho tido nos últimos dois anos uma sequência muito grande de lesões, que vão de um lado para o outro... e essas dores me fizeram antecipar o final da minha carreira", disse ele, que estava acompanhado de dois de seus quatro filhos e se emocionou ao falar de sua relação com o Corinthians.

"Sinto dor em subir uma escada", completou o maior artilheiro de todas as Copas do Mundo, com 15 gols.

Ronaldo chegou ao Corinthians em dezembro de 2008 e logo no primeiro semestre do ano seguinte ajudou o clube a conquistar os títulos do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil.

A partir daí, teve uma série de problemas fisicos, desfalcando o time em diversos jogos de 2009 e principalmente em 2010, quando ele pouco atuou.

"O ano de 2010 foi péssimo, de muitas lesões, e este ano começou assim também. Sua cabeça pensa em driblar os zagueiros e você não consegue. Isso me motivou (a parar)", afirmou Ronaldo, explicando que mentaliza uma jogada, porém não consegue executá-la.   Continuação...

 
<p>Foto de arquivo do atacante Ronaldo deixando o campo de maca ap&oacute;s sofrer grave contus&atilde;o no joelho em partida da Inter de Mil&atilde;o, em abril de 2000. REUTERS/Paolo Cocco/Arquivo</p>