Ecclestone fica "mais esperançoso" sobre GP do Barein

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011 13:18 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O chefe comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, disse nesta sexta-feira que está mais otimista sobre a realização do Grande Prêmio do Barein no mês que vem, o primeiro da temporada, apesar da violência dos últimos dias no país.

Um dia após ter dito à Reuters que a corrida do dia 13 de março provavelmente teria que ser cancelada se a situação na capital Manama não melhorasse até quarta-feira, o empresário britânico mostrou-se mais confiante.

"Falei com o nosso pessoal que está lá... Eles disseram que está calmo, sem grandes problemas. Eles estão lá agora. Eu não sei se eu diria o mesmo se estivesse lá, mas isso é o que o nosso pessoal está dizendo", disse Ecclestone à rádio BBC.

"Estou mais esperançoso hoje do que ontem".

As declarações de Ecclestone foram feitas antes dos novos confrontos entre manifestantes e a polícia nesta sexta na praça Pearl.

Na quinta-feira, quatro manifestantes foram mortos e 231 ficaram feridos após uma invasão policial a um acampamento de manifestantes no centro de Manama. Dezenas de pessoas foram presas.

Duas corridas da categoria GP2 Asia agendadas para este fim de semana no circuito de Sakhir foram canceladas, e Ecclestone disse que a decisão final sobre a corrida de abertura da F1 será tomada na terça ou quarta-feira da próxima semana.

(Por Alan Baldwin)

 
<p>Bernie Ecclestone na sess&atilde;o de treino do GP de Cingapura. O chefe comercial da F&oacute;rmula 1 disse nesta sexta-feira que est&aacute; mais otimista sobre a realiza&ccedil;&atilde;o do GP Pr&ecirc;mio do Barein no m&ecirc;s que vem, apesar da viol&ecirc;ncia dos &uacute;ltimos dias no pa&iacute;s. 25/09/2010 REUTERS/Vivek Prakash</p>