Leverkusen vence o Stuttgart; Gladbach surpreende o Schalke

domingo, 20 de fevereiro de 2011 18:11 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O Bayer Leverkusen marcou dois gols tardios para superar o teimoso Stuttgart por 4 x 2 neste domingo, e reaver o segundo lugar no Campeonato Alemão.

Stefan Reinartz, de cabeça, e Stefan Kiessling, com seu segundo gol na partida, marcou faltando dez minutos para o final do jogo atropelando o Stuttgart, que por duas vezes conseguiu empatar mesmo em desvantagem no placar.

"Depois de nosso jogo no meio da semana pela Liga da Europa em Kharkiv, onde estava congelante, tivemos problemas para encontrar nosso jogo hoje", disse o técnico do Leverkusen, Jupp Heynckes.

"Mas nossa diferença hoje foi que tínhamos opções no banco, um luxo que não tive na última temporada", disse ele, referindo-se à contribuição de Michael Ballack que entrou aos 20 minutos do segundo tempo.

Participando também da Liga dos Campeões, o Schalke 04 foi surpreendido e perdeu por 2 x 1 para Borussia Moenchengladbach, que conquistou sua primeira vitória em casa da temporada na estreia do técnico Lucien Favre e empatou em 19 pontos com o Stuttgart.

Peer Kluge deu ao visitante a liderança temporária, mas o Gladbach, que pareceu transformado sob o comando do suíço Favre, empatou com Marco Reus antes que o camaronês Mohamadou Idrissou, que estava fora de combate até recentemente, marcou de cabeça o gol da vitória aos 23 minutos da etapa inicial, deixando o Schalke sofrendo no meio da tabela.

O líder Borussia Dortmund tem dez pontos de vantagem depois de passar facilmente pelo St Pauli por 2 x 0, no sábado, o segundo colocado Leverkusen tem 45.

O campeão Bayern de Munique, que ocupou a segunda colocação por um breve tempo depois da vitória por 3 x 1 sobre o Mainz, no sábado, caiu novamente para terceiro com 42 pontos.

 
<p>Stefan Kiessling do Bayer Leverkusen (esq) e Zdravko Kuzmanovic do Stuttgart durante jogo do Campeonato Alem&atilde;o. O Bayer Leverkusen marcou dois gols tardios para superar o teimoso Stuttgart por 4 x 2 neste domingo. 20/02/2011 REUTERS/Alex Domanski</p>