Organizadores do GP do Barein cancelam corrida de F1

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011 15:12 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O Grande Prêmio do Barein de Fórmula 1, marcado para 13 de março, foi cancelado nesta segunda-feira em razão da revolta social no país. Os organizadores da prova, porém, esperam que a corrida seja remarcada para outra data ao longo do ano.

Os testes finais da pré-temporada que estavam marcados para 3 de março no circuito de Sakhir, ao sul de Manama, também foram cancelados, e as 12 equipes optaram por permanecer no circuito de Barcelona, na Espanha.

A decisão de desistir da corrida -- anunciada em um comunicado, mas já considerada uma certeza nos círculos da F1 -- significa que o Grande Prêmio da Austrália em Melbourne, no dia 27 de março, agora será o primeiro evento no que se planejava ser um calendário recorde com 20 provas.

"O Circuito Internacional de Barein anunciou hoje que o Reino do Barein desistirá de sediar a corrida do Grande Prêmio da F1 este ano, de forma que o país possa centrar o foco em seu processo de diálogo nacional", disse o comunicado do Barein.

O texto acrescentou que o príncipe Salman bin Hamad al-Khalifa, que também é o vice-comandante supremo das Forças Armadas do Barein, havia conversado por telefone com o chefe comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone.

"No momento, toda a atenção do país está voltada para a construção de um novo diálogo nacional para o Barein", disse o príncipe.

"Embora Bernie Ecclestone gentilmente tenha deixado claro que a decisão sobre a corrida deveria ser tomada inteiramente pelo Barein e que ainda não era necessária, sentimos que era importante para o país se concentrar em questões imediatas do interesse nacional e deixar a corrida da Fórmula 1 de Barein para uma data posterior."

Sete pessoas morreram e centenas ficaram feridas numa repressão aos manifestantes que exigem uma voz maior no reino situado no Golfo Pérsico.

O rei Hamad bin Isa al-Khalifa pediu que seu filho, o príncipe herdeiro, conduza um diálogo com todas as partes.

A corrida de Sakhir poderia ser colocada no final do calendário, mas isso será difícil, pois o GP final da temporada está marcado para o Brasil, no dia 27 de novembro, depois de uma penúltima corrida em Abu Dhabi no dia 13 de novembro.

 
<p>Homem usando casaco da Ferrari participa de protesto em Manama. 21/02/2011 REUTERS/Hamad I Mohammed</p>