Montezemolo rejeita liderar campanha olímpica Roma 2020

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011 13:10 BRT
 

ROMA (Reuters) - O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, decidiu não aceitar uma proposta para liderar a campanha olímpica de Roma para organizar os Jogos Olímpicos de 2020, disse nesta segunda-feira o prefeito da cidade.

Montezemolo, que organizou a Copa do Mundo de 1990 na Itália e é o presidente da Fiat, foi convidado para assumir o cargo de chefe da candidatura romana na semana passada, mas disse que só aceitaria se houvesse apoio do governo e os recursos necessários disponíveis.

"Lamento que Luca di Montezemolo tenha decidido que não tem condições para aceitar o cargo", disse o prefeito Gianni Alemanno a repórteres.

Roma venceu Veneza na concorrência interna da Itália para concorrer aos Jogos Olímpicos de 2020.

O Comitê Olímpico Internacional vai decidir em 2013 a sede dos Jogos de 2020. Cidades de Dubai e do Japão também devem concorrer.

(Por Mark Meadows)

 
<p>Luca Cordero di Montezemolo, presidente da Ferrari, dediciu n&atilde;o aceitar a lideran&ccedil;a da campanha ol&iacute;mpica de Roma. 14/01/2011 REUTERS/Alessandro Bianchi</p>