Brasileiro Luiz Gustavo faz Bayern esquecer Van Bommel

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011 10:56 BRT
 

Por Brian Homewood

MILÃO (Reuters) - Faz menos de um mês que o Bayern de Munique rompeu o contrato com o capitão Mark van Bommel, mas o volante holandês já faz parte de uma memória distante para os campeões alemães.

Luiz Gustavo, um jovem brasileiro praticamente desconhecido no País, deu uma nova dimensão ao meio-campo do Bayern ao jogar na antiga posição de Van Bommel, à frente dos zagueiros, na vitória da equipe sobre a Inter de Milão na Liga dos Campeões, por 1 x 0, na quarta-feira.

Ele precisou de apenas alguns minutos da partida no San Siro para mostrar que possui a mesma capacidade de Van Bommel de roubar bolas com carrinhos sem fazer faltas. Em duas ocasiões o volante desarmou o meia Wesley Sneijder, em jogadas que deixaram o holandês irritado pela não marcação de faltas.

Sneijder passou o resto da partida apagado, e então uma das principais armas da Inter estava anulada.

Luiz Gustavo, que normalmente joga como lateral-esquerdo, mostrou que ainda tinha muito mais a oferecer do que apenas a marcação.

O brasileiro teve duas boas oportunidades de gol nos primeiros 20 minutos, e sua saída de bola foi superior a de Van Bommel. Luiz Gustavo só não representa ainda a mesma liderança em campo que o ex-capitão.

"Claro que foi uma estreia muito boa para ele na Liga dos Campeões", disse o técnico do Bayern Louis van Gaal -- um dos poucos técnicos no futebol atual que comenta atuações individuais de jogadores -- após a partida.

Van Bommel, que passou quatro anos e meio no Bayern e foi o primeiro capitão não alemão do time, foi negociado com o Milan em janeiro. Muitos apostavam que o clube teria problemas em preencher o espaço aberto pela saída do holandês, mas Luiz Gustavo pode ser a solução.   Continuação...

 
<p>Luiz Gustavo, do Bayern de Munique controla a bola durante a partida amig&aacute;vel contra Al-Wakrah em Doha, em 8 de janeiro de 2011. REUTERS/Mohammed Dabbous</p>