Argentino Borghi assume como novo técnico do Chile

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011 15:23 BRT
 

SANTIAGO (Reuters) - O argentino Claudio Borghi foi apresentado na quinta-feira como novo técnico da seleção chilena. Ele buscará continuar o ciclo se sucesso que a equipe teve com seu compatriota Marcelo Bielsa.

Borghi comandará o time até o final das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e seu contrato será ampliado caso o Chile se classifique para o torneio.

"Hoje iniciamos o caminho ao Brasil-2014, o futebol vive de sucessos, da eficiência, mas nada disso serve se não existe alegria. Claudio Borghi conjuga à perfeição estes fatores", disse o presidente da Associação Nacional de Futebol Profissional (ANFP), Sergio Jadue.

A seleção chilena estava sem treinador após a impopular saída de Bielsa no início do mês. Ele deixou a equipe após meses de incerteza, descontente com a forma de proceder em vários temas do novo presidente da ANFP e com os principais clubes do futebol local.

Borghi, radicado com sua família no Chile há 20 anos, era consenso entre os torcedores para substituir Bielsa, que levou o Chile às oitavas de final da Copa do Mundo de 2010.

Segundo a mídia local, o novo técnico acertou um salário de 1,5 milhão de dólares por temporada.

(Reportagem de Claudio Cerda)

 
<p>Treinador do Boca Juniors, Claudio Borghi, assiste a primeira partida do time na primeira divis&atilde;o argentina, contra o River Plate em Buenos Aires, em 16 de novembro de 2010. REUTERS/Enrique Marcarian</p>