Mascote da Olimpíada de Inverno de 2014 tem recepção gelada

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011 14:57 BRT
 

Por Thomas Grove

MOSCOU (Reuters) - O urso polar escolhido para ser um dos mascotes da Olimpíada de Inverno em Sochi, na Rússia, em 2014, estava no centro de uma disputa sobre direitos autorais na segunda-feira, depois de o criador do ursinho símbolo dos Jogos de 1980 ter dito que a sua ideia foi roubada.

Os russos escolheram três mascotes em um concurso na televisão no fim de semana, decidindo que uma lebre, um leopardo polar num snowboard e um urso polar serão a cara dos Jogos de Inverno de 2014 na cidade de Sochi, às margens do Mar Negro.

Após a votação, vieram as acusações de roubo de ideia e de motivação política para a escolha. O criador do ursinho sorridente da Olimpíada de Moscou em 1980 afirmou que o urso polar é uma cópia do mascote criado por ele.

"Ele é exatamente como o meu: os olhos, o nariz, a boca, o sorriso, embora seja inclinado", disse Viktor Chizhikov à rádio Viktor Chizhikov.

"Não gosto quando as pessoas roubam, o autor sempre sente isso de forma especialmente dolorosa."

Cerca de 1 milhão de russos enviaram mensagens de texto e telefonaram para um programa ao vivo no sábado. Quando a votação foi encerrada, o organizador dos Jogos de 2014 Dmitry Chernyshenko anunciou que as três escolhas preferidas seriam mascotes.

Ele afirmou que a estimativa é de que os três tragam entre 30 e 40 milhões de dólares em taxas de copyright e licenciamento.