Pedro de la Rosa volta à McLaren como piloto de testes

quarta-feira, 9 de março de 2011 17:16 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O espanhol Pedro de la Rosa foi anunciado na quarta-feira como piloto de testes e reserva da McLaren após perder sua vaga de piloto oficial na Sauber no ano passado.

"De todas as equipes que competi na Fórmula 1 ... a McLaren é a que realmente sinto como se estivesse em casa", disse o espanhol de 40 anos, que deixou a Sauber em setembro e terminou a temporada como piloto de testes da Pirelli, a nova fornecedora de pneus da categoria.

"Então, estou muito emocionado por voltar à equipe para ajudar no desenvolvimento do MP4-26", acrescentou ele em comunicado.

A McLaren disse que o britânico Gary Paffett também será piloto de testes, ao mesmo tempo em que competirá com a Mercedes no campeonato alemão de carros de turismo, mas não participará das corridas.

De la Rosa trabalhou na McLaren por sete anos, participando de nove provas como suplente nas temporadas de 2005 e 2006. Ele também já pilotou por Arrows, Jaguar e Sauber, depois de estrear em 1999.

"Com dois pilotos de corridas campeões do mundo, Lewis (Hamilton) e Jenson (Button), e dois dos pilotos mais experientes e capazes, Pedro e Gary, acreditamos ter um quarteto de talento que é absolutamente insuperável", afirmou o diretor da equipe, Martin Whitmarsh.

(Reportagem de Alan Baldwin)

 
<p>O espanhol Pedro de la Rosa fala em coletiva de imprensa no Circuito de Spa Francorchamps, B&eacute;lgica, em agosto de 2010. O piloto est&aacute; de volta &agrave; McLaren como piloto de testes e reserva. 26/08/2010 REUTERS/Stefan Wermuth</p>