Fifa investiga árbitros por suspeita de jogos arranjados

quinta-feira, 10 de março de 2011 09:45 BRT
 

ZURIQUE (Reuters) - A Fifa iniciou uma investigação sobre seis árbitros e auxiliares suspeitos de terem arranjado o resultado de dois amistosos internacionais na Turquia no mês passado, em que foram marcados um total de sete pênaltis.

A Fifa, que na semana passada anunciou que teria um controle maior sobre os amistosos de seleções, determinou a investigação dos jogos Letônia x Bolívia e Estônia x Bulgária, disputados no balneário de Antalya, no dia 9 de fevereiro.

A Letônia ganhou por 2 x 1, e o outro jogo terminou empatado em 2 x 2. Todos os gols das duas partidas foram marcados em cobranças de pênalti. Um porta-voz da Fifa disse que os árbitros não podem ser identificados.

"Os procedimentos foram iniciados após uma avaliação de toda a documentação e informação recebidas pela Fifa, em relação a um possível caso de jogos arranjados nessas partidas", disse a Fifa em comunicado nesta quinta-feira.

Jogos arranjados para favorecer esquemas ilegais de apostas tornaram-se uma grande preocupação para autoridades esportivas.

Os quatro times envolvidos nas partidas na Turquia reclamaram da arbitragem dos jogos.

"Tivemos algumas dúvidas sobre a arbitragem nessa partida", disse o presidente da União Búlgara de Futebol (BFU), Borislav Mihaylov, após aquele jogo.

Gustavo Quintes, que fez sua estreia como técnico da Bolívia contra a Letônia, disse ao jornal La Razon após a partida: "Para mim, ele (o árbitro) inventou os três pênaltis, os dois contra nós e o a favor também. Foi uma desgraça."

(Por Brian Homewood)