Homem é detido por fraude contra atletas olímpicos

sexta-feira, 11 de março de 2011 12:39 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Um homem foi preso na Inglaterra por três anos por enganar com milhares de libras atletas que esperavam participar das Olimpíadas de 2012, oferecendo a eles lucrativos contratos de patrocínio que nunca foram cumpridos.

Mark Cas, de 46 anos, criou o Global Sponsorship Group em Croydon em 2009 e conseguiu atrair grandes atletas, inclusive um vencedor de medalha de ouro olímpica, oferecendo pagar um salário, cobrir despesas e disponibilizar carros de luxo.

Alguns dos atletas até deixaram seus empregos para assinar contratos com a empresa de Cas.

Cas cobrou dos atletas uma taxa inicial de 500 libras (802 dólares), prometendo associá-los a empresas que queriam oferecer patrocínio. O preço para equipes era de mil libras.

Apesar de ter feito o pagamento para alguns atletas, ele não cumpriu com todos os outros termos estipulados pelos contratos.

A polícia disse que a empresa de Cas estava altamente endividada e não tinha os contratos que alegava ter em seu site.

Ele foi declarado culpado por duas acusações de fraude por falsa representação no tribunal de Croydon na quinta-feira, e foi preso por três anos.

"Durante a investigação, Cas não demonstrou nenhum remorso pelos crimes", disse nesta sexta-feira o detetive Nichola Lester, da unidade de Fraudes de Croydon, em comunicado.

(Reportagem de Michelle Martin)