HRT desiste de testar carro às vésperas de estreia na Austrália

sábado, 12 de março de 2011 12:09 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - A Hispania (HRT), mais recente equipe da Fórmula 1, não conseguirá testar seu novo carro até o primeiro dia de treinos livres no Grande Prêmio da Austrália, o primeiro da temporada, já que cancelou um teste planejado para se realizar na Espanha.

A escuderia espanhola, que construiu o carro em uma fábrica na Alemanha, culpou um problema com a alfândega espanhola por não conseguir participar do último teste pré-temporada em Barcelona neste sábado.

A F111 foi revelada na sexta-feira pelo piloto indiano Narain Karthikeyan e pelo italiano Vitantonio Liuzzi, mas não correu porque o chefe de equipe, Colin Kolles, disse que certas peças da suspensão não foram liberadas pela alfândega.

Em comunicado emitido mais tarde, o time - um dos três novatos do ano passado que não marcaram nenhum ponto e ficaram bem atrás dos adversários tradicionais - declarou que o problema não havia sido resolvido e cancelou a prática de sábado também.

"Infelizmente não conseguimos liberar os abafadores na alfândega... a vida é assim e vamos superar este problema," disse Kolles.

As equipes devem enviar seus carros para Melbourne na semana que vem para a corrida inaugural da temporada no dia 27 de março.

Será o segundo ano consecutivo em que a HRT chega ao primeiro GP com um carro totalmente sem testes. Em 2010, ano em que debutou na F1, a escuderia também perdeu grande parte dos treinos da sexta-feira no Barein enquanto se apressava para finalizar os carros.

A nova temporada deveria ter se iniciado neste final de semana, mas o Grande Prêmio do Barein foi adiado por conta dos tumultos no Oriente Médio e norte da África.

Karthikeyan e Liuzzi pelo menos conseguiram fazer teste no início deste ano com o carro de 2010.