Inter se aproxima do Milan no Campeonato Italiano

domingo, 20 de março de 2011 17:20 BRT
 

ROMA (Reuters) - A Inter de Milão ficou a dois pontos do rival Milan no topo do Campeonato Italiano, após superar o humilde Lecce por 1 x 0 no San Siro, num domingo em que a Juventus voltou a vencer e Francesco Totti ultrapassou os 200 gols no campeonato.

Depois do Milan ser derrotado pelo Palermo por 1 x 0 no sábado, Giampaolo Pazzini marcou aos sete do segundo tempo e a Inter conseguiu os três pontos contra o Lecce, que lutou até o último minuto.

A vitória significou que a Inter chegará à liderança se vencer seu próximo jogo -- contra o próprio Milan, no Derby de Milão -- em 03 de abril.

A Inter, no embalo da classificação para as quartas-de-final da Liga dos Campeões com a incrível vitória sobre o Bayern de Munique, foi para cima do Lecce desde o pontapé inicial.

Wesley Sneijder deu trabalho ao goleiro Antonio Rosati aos cinco minutos, antes de cobrar falta com perigo aos 20. Mas o Lecce estava longe de ser intimidado e frustrou os atuais campeões com uma defesa sólida e quebra no ritmo.

A Inter marcou no início do segundo tempo. Pazzini, momentos depois de ter uma cabeçada defendida, recebeu dentro da área e chutou no canto.

O Lecce, antepenúltimo colocado, se recusou a desistir e somente uma boa defesa de Julio Cesar nos acréscimos impediu que o adversário saísse de campo com um ponto.

Em boa fase, a Udinese chegou à terceira colocação ao lado do Napoli, que recebe o Cagliari no último jogo do domingo. Goekhan Inler e Antonio Di Natale, de pênalti, marcaram os gols da vitória por 2 x 0 contra o Catania, a quarta consecutiva da equipe de Udine.

Inler chutou de longe e abriu o placar na metade do primeiro tempo, antes de Di Natale marcar seu 25o gol na temporada ao converter uma penalidade máxima aos 29 da etapa final.   Continuação...

 
<p>Giampaolo Pazzini (&agrave; dir.) e Goran Pandev, da Inter de Mil&atilde;o, comemoram gol contra o Lecce durante partida pelo Campeonato Italiano em Mil&atilde;o. 20/03/2011 REUTERS/Imagesport</p>