Ecclestone nega que F1 terá GP em Nova York

quinta-feira, 24 de março de 2011 14:42 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O chefe comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, rejeitou notícias vindas da Austrália de que ele estaria viajando para Nova York nesta semana para discutir a possibilidade de Staten Island receber um Grande Prêmio.

Os organizadores do GP da Austrália, que acontece no próximo fim de semana, disseram a repórteres que Ecclestone não estava presente na corrida de abertura da temporada, em Melbourne, porque se encontraria com o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg.

Mas Ecclestone disse à Reuters na quarta-feira que estava em Londres e que os relatos da Austrália estavam incorretos.

"Estou no escritório e não estou indo a Nova York", afirmou ele.

Questionado se estava considerando uma prova em Staten Island, Ecclestone respondeu: "Não, absolutamente."

A ausência de Ecclestone na corrida australiana renovou as especulações sobre o futuro da prova em Albert Park. O atual contrato termina em 2015.

(Por Lewis Franck)

 
<p>O chefe comercial da F&oacute;rmula 1, Bernie Ecclestone durante sess&atilde;o de treino no GP de Cingapura, em setembro de 2010. Ecclestone rejeitou not&iacute;cias de que ele estaria viajando para Nova York nesta semana para discutir a possibilidade de Staten Island receber um Grande Pr&ecirc;mio. 25/09/2010 REUTERS/Vivek Prakash</p>