Nova geração aponta caminho do Brasil para 2014

domingo, 27 de março de 2011 16:25 BRT
 

Por Mitch Phillips

LONDRES (Reuters) - Bicampeão do mundo e artilheiro das Copas, Ronaldo foi o convidado de honra do amistoso da seleção brasileira contra a Escócia neste domingo, e deve ter saído de campo feliz de ver o talento atacante do Brasil propagado por uma nova geração.

Com Ronaldinho aparentemente fora da lista do técnico Mano Menezes e com Alexandre Pato e Nilmar contundidos, os holofotes se voltaram para o atacante Neymar, de 19 anos, em sua terceira escalação; para o estreante Leandro Damião, de 21 anos; e para Lucas, de 18, que também foi convocado pela primeira vez ao entrar como reserva nos 20 minutos finais.

Nenhum deles decepcionou e o Brasil dominou a Escócia na vitória de 2 x 0 --e um placar de 6 x 0 não teria sido exagerado.

Neymar e Lucas puseram fogo no campeonato sul-americano sub 20 no mês passado, no qual o primeiro marcou nove gols e o último quatro, enquanto os 13 gols de Damião no Internacional tornaram sua convocação incontornável.

Todos os três exibiram talento suficiente para indicar que podem formar um trio fundamental quando o Brasil sediar a Copa do Mundo em 2014, ansioso para se redimir da eliminação constrangedora nas quartas de final do Mundial do ano passado nas mãos da Holanda.

Leandro Damião oferece uma opção não muito usada pelos brasileiros, já que é ótimo no jogo aéreo e, por ser alto, tem um salto prodigioso. Ele roçou o travessão com uma cabeçada no começo da partida ao receber um escanteio e foi um destino regular dos cruzamentos em profundidade.

Lucas teve uma oportunidade curta para causar impacto, e o fez com duas disparadas soberbas que evocaram Lionel Messi.

Mas foi Neymar, que se especula estar na mira do Chelsea, quem roubou o show.   Continuação...