Sauber retira recurso após GP da Austrália

terça-feira, 29 de março de 2011 14:17 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - A Sauber desistiu nesta terça-feira de recorrer contra sua exclusão no Grande Prêmio da Austrália que abriu a temporada da F1, após uma investigação interna ter concluído que a equipe cometeu um erro na medição das asas traseiras.

"Nós descobrimos que houve um erro no processo de verificação da dimensão deste componente", disse o diretor-técnico da Sauber, James Key, em comunicado.

"Já providenciamos as medidas para garantir que nada deste tipo aconteça de novo."

A exclusão da Sauber beneficiou o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, que subiu para o sétimo lugar que originalmente era do mexicano Sergio Perez. Sebastian Buemi, da Toro Rosso, subiu para oitavo, no lugar do japonês Kamui Kobayashi.

A equipe suíça afirmou no domingo que pretendia recorrer da decisão dos fiscais de prova de excluí-la da corrida, mas desistiu da ideia após a avaliação interna.

Após terem percorrido mais de 300 km, os carros foram desclassificados porque a fiscalização pós-corrida encontrou uma quebra de regulamento na asa traseira por questão de milímetros.

"Isso não nos deu nenhuma vantagem de rendimento, mas o fato é que era um desvio da regra. Nós aceitamos a decisão dos fiscais", disse Key.

Perez foi o piloto que mais conseguiu economizar os pneus na prova e fez apenas uma parada nos boxes.