1 de Abril de 2011 / às 14:34 / 6 anos atrás

ENTREVISTA-Mano precisa acertar o time logo, diz Carlos Alberto

Por Mike Collett

MANCHESTER, Inglaterra (Reuters) - Para o Brasil vencer a Copa do Mundo de 2014 em casa, o técnico Mano Menezes precisa montar uma equipe consistente assim que possível, de acordo com o capitão do tricampeonato mundial, Carlos Alberto Torres.

Mano, que assumiu o lugar de Dunga no ano passado, tem realizado uma renovação baseada em jogadores jovens como o atacante Neymar, com os quais pretende construir um time, mas deve parar de experimentar e decidir logo sua escalação, disse Carlos Alberto em entrevista à Reuters.

Falando em um fórum de negócios da Soccerex, o ex-lateral-direito disse: "Temos uma ótima geração de jogadores agora, é um novo time, mas para ganhar a Copa você precisa de experiência também."

"A Espanha mostrou isso a todos, e a Alemanha também tem jogadores jovens, mas tem a experiência agora porque disputaram uma Copa do Mundo."

"Na minha opinião, deveríamos ter um time já... mas o técnico e a CBF estão mudando a equipe em cada jogo e eu não concordo com isso."

"Temos confiança de que vamos ter um bom time para a Copa do Mundo com jogadores como Neymar, Lucas, David Luiz, Pato, temos um time para as duas próximas Copas do Mundo. Mas temo que eles não estejam ganhando experiência."

TIME DIFERENTE

O Brasil tem sido uma seleção diferente com Mano Menezes. Foi-se o enfoque pragmático e impopular preferido por Dunga, que desmoronou sob a Holanda nas quartas de final do Mundial do ano passado, e entrou uma nova geração empolgante.

A última vitória, 2 x 0 sobre a Escócia em Londres no domingo passado, destacou a bela troca de bola da seleção, e uma goleada não teria sido desmerecida.

Carlos Alberto reconhece que o Brasil, como sempre, começa como favorito em 2014, mas tem outras preocupações e fez eco ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, que nesta semana afirmou que o país precisa acelerar seus preparativos para o torneio.

"Concordo com ele, não estão trabalhando o suficiente, não vejo nada sendo feito nos aeroportos, por exemplo. O povo brasileiro está muito empolgado com a Copa do Mundo, mas não vejo muito trabalho sendo feito", disse o ex-jogador, de 66 anos.

Ele tem poucas dúvidas de que o atual Barcelona, chamado por alguns de "maior time de todos os tempos", não seria páreo para a seleção de 1970.

"O Barcelona tem um ótimo time hoje, mas não se pode compará-lo ao nosso time", ponderou.

"Hoje a qualidade do futebol está em baixa (comparado com os anos 1970). Talvez o Barcelona tenha a chance de provar que é o melhor hoje em dia. Mas se você pudesse fazer uma partida Brasil de 1970 contra Barcelona de 2011 -- se isso fosse possível -- nós ganharíamos."

"Não se pode esquecer que na época tínhamos um sujeito, Pelé, com a camisa 10, além de Jairzinho, Gerson, Clodoaldo, Tostão. O Barcelona realmente tem um ótimo time. Lionel Messi é o melhor jogador hoje, mas na minha opinião tínhamos jogadores melhores do que Messi".

Reportagem adicional de Pedro Redig

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below