Comissão da Câmara vai fiscalizar obras da Copa, diz Marco Maia

sexta-feira, 1 de abril de 2011 12:04 BRT
 

Por Jeferson Ribeiro

BRASÍLIA (Reuters) - As obras da Copa do Mundo de 2014 serão fiscalizadas por uma comissão especial de parlamentares, que será criada na próxima semana, afirmou à Reuters o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), nesta sexta-feira.

"O mais importante é fiscalizar as obras que vão ficar como legado para os brasileiros, na área de transportes, de saneamento básico", explicou Maia.

A ideia de criar a comissão surgiu depois que cerca de uma centena de parlamentares assinaram o requerimento apresentado pelo deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) pedindo a abertura de uma CPI para investigar a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A CPI não deve ser criada porque Garotinho não conseguiu reunir as 171 assinaturas necessárias para levar o requerimento à mesa diretora da Câmara. Marco Maia, no entanto, decidiu criar a comissão e permitir que os parlamentares visitem as obras, analisem os contratos firmados entre empreiteiras e os governos estaduais e apontem desvios.

Maia afirmou que deve assinar o ato de criação da comissão na próxima quarta-feira, um dia depois da reunião do colégio de líderes.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, reclamou nesta semana do ritmo das obras do Brasil para o Mundial, afirmando que o país está mais atrasado que a África do Sul, sede de 2010, a três anos da Copa.

Dois dos 12 estádios -- em São Paulo e Natal -- ainda não saíram do papel, e a obra do Maracanã terá seu orçamento elevado dos 705 milhões de reais originais para mais de 1 bilhão devido a problemas na cobertura, que precisará ser refeita.

O presidente do comitê organizador do Mundial, Ricardo Teixeira, e o ministro do Esporte, Orlando Silva, rebateram as críticas de Blatter e convidaram o suíço a vir ao país para ver o andamento das obras.

 
<p>O presidente da C&acirc;mara dos Deputados, Marco Maia, d&aacute; entrevista &agrave; Reuters, em Bras&iacute;lia. 01/04/2011 REUTERS/Ueslei Marcelino</p>