1 de Abril de 2011 / às 19:50 / em 7 anos

COI elogia preparação olímpica de Londres após incidentes

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - Os inspetores do Comitê Olímpico Internacional (COI) divulgaram uma avaliação positiva aos organizadores dos Jogos de Londres em 2012 nesta sexta-feira, apesar de um recente incidente de segurança, das preocupações com o transporte e de uma disputa interna por divisão de dinheiro.

O presidente da comissão de coordenação do COI, Denis Oswald, descreveu sua oitava visita a Londres como “muito bem-sucedida” e disse que faria apenas mais duas visitas antes do início dos Jogos, em julho do ano que vem -- bem menos que as 25 visitas feitas por ele durante os preparativos para as Olimpíadas de Atenas em 2004.

Ele parabenizou os organizadores locais numa entrevista coletiva, da qual também participaram o presidente da organização, Sebastian Coe, e o diretor-executivo, Paul Deighton, por resolver todas as questões suscitadas em sua visita anterior.

Alguns aspectos, como os transportes, serão monitorados com cuidado nos próximos meses, mas Oswald disse estar “confiante de que a situação será boa”.

Ele afirmou que a Vila Olímpica será “uma das melhores da história para os atletas” e que o planejamento do legado é “excelente”, embora reconheça que o polêmico e caro centro aquático provavelmente ficará melhor depois dos Jogos, quando os estandes temporários forem removidos.

“Gostaria de expressar minha surpresa com o fato de que às vezes nos jornais britânicos há algumas dúvidas sobre o vigor do legado desses Jogos”, disse ele.

“Para mim, olhando para as experiências anteriores, acho que esse é realmente um exemplo de legado excelente.”

PREOCUPAÇÃO COM A SEGURANÇA

A prisão nesta semana de dois guardas que trabalhavam na empresa de segurança do Parque Olímpico sob a suspeita de posse de explosivos ganhou as manchetes nos últimos dias, mas Oswald não se disse preocupado com isso.

“A informação que recebemos é de que esse caso não está relacionado com terrorismo, esse é o tipo de acontecimento lateral e não coloca em dúvida todos os esforços feitos para certificar que a segurança seja garantida”, afirmou.

“Conhecemos todos os esforços feitos pelas diferentes autoridades a fim de respeitar o fato de que a segurança é a prioridade número um num evento como esse.”

Os jornais britânicos também têm coberto extensivamente uma briga entre a Associação Olímpica Britânica (BOA, na sigla em inglês) e o comitê organizador local por causa da divisão dos lucros pós-Jogos. O caso foi parar na Corte Arbitral do Esporte.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below