Derrota em clássico é motivação da Inter contra Schalke

segunda-feira, 4 de abril de 2011 12:36 BRT
 

MILÃO (Reuters) - A Inter de Milão, ainda sob críticas pela derrota de 3 x 0 no clássico com o Milan que pode ter encerrado suas chances de título italiano, terá uma grande oportunidade de virar a página quando enfrentar o Schalke 04 nas quartas de final da Liga dos Campeões, na terça-feira.

O técnico Leonardo foi crucificado na mídia pela formação muito ofensiva contra o Milan, que marcou um gol logo no primeiro minuto, mas vai manter a mesma estratégia contra um time que ocupa apenas a 11a posição no Campeonato Alemão.

"Uma derrota nunca acontece por apenas um motivo. Um problema tático não pode ser responsável por você levar um gol aos 47 segundos", disse o brasileiro em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

"Há um gosto amargo da derrota, mas esse time sempre deu respostas positivas e tenho certeza que vão fazer isso mais uma vez."

O atacante Diego Milito, que marcou os dois gols na vitória sobre o Bayern de Munique na final europeia do ano passado, pode voltar ao time titular contra os alemães, após ter superado uma série de contusões.

"Essa tem sido uma temporada difícil para mim e tenho sofrido lesões, mas ainda temos dois meses pela frente e espero transformar a raiva em energia positiva para marcar gols e jogar bem", disse o argentino.

"Estou bem psicologicamente e fisicamente também. Recuperei a minha forma, agora só está faltando ritmo de jogo. Mas estou confiante e feliz por estar de volta."

O zagueiro brasileiro Lúcio está suspenso, mas depois que o lateral-esquerdo Cristian Chivu jogou mal, improvisado na zaga e acabou expulso contra o Milan, o colombiano Ivan Córdoba será o substituto na defesa.

(Por Mark Meadows)