Japão tem 10 dias para decidir sobre presença na Copa América

quarta-feira, 6 de abril de 2011 09:53 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - A Argentina deu um prazo de dez dias à federação japonesa de futebol para que reconsidere sua decisão de não participar na Copa América em julho, informou na terça-feira o presidente do comitê organizador do torneio, José Luis Meiszner.

A federação do Japão anunciou nesta semana sua desistência da Copa América, pois o país inteiro está concentrado na reconstrução após o terremoto e tsunami que devastaram o país no mês passado.

O Japão faria parte do Grupo A do torneio, que será disputado entre 1o e 24 de julho, junto com a Argentina, Bolívia e Colômbia.

"Não há nada decidido. Nos reunimos, dialogamos e demos um prazo de 10 dias para ver se o Japão vai à Copa América", disse Meiszner, responsável do comitê organizador do torneio.

A revisão da postura japonesa ocorreu depois de uma reunião do presidente da federação do país, Junji Ogura, com o dirigente máximo da Associação do Futebol Argentino, Julio Grondona.

O Japão participou apenas uma vez da Copa América, a que foi disputada em 1999, no Paraguai.

"Temos a ilusão de que podemos contar com o Japão na próxima Copa América", destacou Meiszner.

Se o Japão decidir não participar do torneio continental de futebol mais antigo do mundo, a Costa Rica poderia ser seu substituto, apesar de outra possibilidade ser a Espanha, atual campeã do mundial.

A Costa Rica, treinada pelo argentino Ricardo Lavolpe, disse que, se escolhida para disputar o torneio, levará seus melhores jogadores. A seleção do país já disputou a Copa América em 1997, 2001 e 2004.