Brasil fará esforço para ter todos os estádios em 2013--ministro

quarta-feira, 6 de abril de 2011 16:44 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Apesar dos atrasos nas obras para a Copa do Mundo de 2014, o ministro do Esporte, Orlando Silva, segue otimista e espera que todas as 12 arenas estejam prontas para a Copa das Confederações, em 2013.

Nenhum dos estádios das 12 cidades-sede está pronto, e os atrasos mais evidentes ocorrem em São Paulo e Natal, que vão fazer arenas novas para o Mundial e nem iniciaram os trabalhos de construção.

"Esperamos que essas obras comecem agora em abril", disse Orlando Silva nesta quarta-feira, após visita ao complexo de favelas do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro.

"Tenho uma visão positiva da preparação do Mundial no Brasil. Das 12 cidades, 10 têm obras em curso e o esforço será entregar todos os estádios antes da Copa das Confederações para que sejam testados", completou o ministro a jornalistas.

A competição que acontecerá um ano antes da Copa servirá de preparação e teste para o evento principal.

Recentemente, o ministro disse que se as obras não começassem este mês, poderia haver um "embaraço" e representar um problema para a Copa das Confederações.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, também alertou, na semana passada, para os problemas nos preparativos e chegou a dizer que o Brasil está mais atrasado que a África do Sul, sede do torneio em 2010, na preparação do Mundial.

A arena de Natal está demorando para sair do papel devido a obstáculos no processo licitatório. Já o estádio de São Paulo aguarda a solução de entraves burocráticos e financeiros. O projeto do estádio a ser construído pelo Corinthians tinha orçamento para uma arena com 48 mil espectadores, mas, como a cidade quer sediar a abertura do Mundial, será preciso ampliar a capacidade para ao menos 65 mil lugares.

O Maracanã, provável palco da final da Copa de 2014, já iniciou suas obras e a previsão mais pessimista aponta para a conclusão da modernização do estádio carioca em março de 2013, poucos meses antes da Copa das Confederações.

"Conversei com o governador (do Rio de Janeiro, Sérgio) Cabral e ele reforçou o compromisso em entregar em dezembro de 2012", disse Orlando Silva.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

 
<p>O ministro do Esporte, Orlando Silva, em coletiva de imprensa na Dinamarca em outubro de 2009. Apesar dos atrasos nas obras para a Copa do Mundo de 2014, Orlando Silva espera que todas 12 arenas estejam prontas para a Copa das Confedera&ccedil;&otilde;es, em 2013. 02/10/2009 REUTERS/Pawel Kopczynski</p>