BNDES libera mais R$280 mi para estádio de Pernambuco na Copa

quinta-feira, 14 de abril de 2011 16:52 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de mais 280 milhões de reais para a construção do estádio de Pernambuco para a Copa do Mundo de 2014, informou o banco nesta quinta-feira.

O BNDES já havia aprovado, em janeiro deste ano, financiamento de 400 milhões de reais para o Estado de Pernambuco, e agora os novos recursos serão destinados à Sociedade de Propósito Específico (SPE) Arena Pernambuco Negócios, liderada pela Odebrecht e encarregada de executar as obras.

O estádio, com capacidade para 46 mil torcedores, será construído em São Lourenço da Mata, região metropolitana do Recife.

"O consórcio vencedor construirá (num prazo estimado de 30 meses), operará e manterá o equipamento por um período de 33 anos. Em 2043, a Arena retorna ao Estado de Pernambuco", disse o banco em comunicado.

O Estado de Pernambuco utilizará os recursos do BNDES para ressarcir a SPE após a entrada em operação da Arena, de acordo com o modelo de Parceria Público-Privada selecionado pelo governo.

Sete Estados já pediram financiamento do BNDES para reformar ou construir arenas para o Mundial: Amazonas, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Minas Gerais, Pernambuco e Rio de Janeiro.

O BNDES possui uma linha de crédito de até 400 milhões de reais para cada um dos 12 estádios da Copa no Brasil. O programa está vigente até 31 de dezembro deste ano.