Ecclestone pode sair se Murdoch tomar o controle da F1

domingo, 24 de abril de 2011 12:48 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O chefe comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, está pronto para renunciar se o grupo de comunicação de Rupert Murdoch for bem-sucedido na proposta de tomar o controle da categoria, informou o jornal Sunday Times.

Ecclestone, de 80 anos, que já havia descartado a ideia da aposentadoria, disse numa entrevista ao jornal: "Estou suficientemente velho para pedir pensão, então não tenho que pedir um emprego. Tenho que ter certeza que as pessoas (que vão adquirir a F1) são pessoas com as quais eu gostaria de trabalhar e que elas querem trabalhar comigo."

Uma fonte a par da situação contou à Reuters na última terça-feira que a News Corporation manteve conversas recentes com o bilionário mexicano Carlos Slim e ao menos uma das grandes escuderias a respeito da formação de um consórcio para adquirir o controle.

Fontes distintas informaram anteriormente à Reuters que a empresa CVC, atual proprietária, estaria conduzindo uma revisão estratégica e poderia vender.

A aquisição pela News Corp tem uma lógica clara, mas enfrentaria vários desafios para conseguir o apoio de esportistas de alto nível.

 
<p>Chefe comercial da F&oacute;rmula 1 Bernie Ecclestone ap&oacute;s o segundo sess&atilde;o de treinamento para o Grande Pr&ecirc;mio da Mal&aacute;sia. Segundo o jornal Sunday Times, Ecclestone est&aacute; pronto para renunciar se o grupo de comunica&ccedil;&atilde;o de Rupert Murdoch for bem-sucedido na proposta de tomar o controle da categoria. Foto de Arquivo. 08/04/2011 REUTERS/Bazuki Muhammad</p>