Blatter quer ampliar eleitorado da escolha de sedes das Copas

sexta-feira, 29 de abril de 2011 19:37 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, prometeu considerar uma ampliação no colegiado que escolhe as sedes das Copas do Mundo, caso seja eleito em junho para um novo mandato.

O suíço de 75 anos disse ao jornal Frankfurter Allgemeine que os países-sedes deveriam ser escolhidos pelo Congresso da Fifa, onde todas as 208 federações associadas têm direito a voto. Esse seria um sistema semelhante ao adotado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) na escolha das sedes olímpicas.

"É um projeto que eu tenho na cabeça", disse Blatter, que disputa um quarto mandato e tem como rival o presidente da Confederação Asiática de Futebol, Mohamed Bin Hammam.

Atualmente, a escolha é feita pelo comitê executivo da Fifa, que tem 24 membros. Na última eleição - com a escolha de Rússia e Catar para sediar as Copas de 2018 e 22, respectivamente - só 22 membros votaram, porque dois estavam suspensos por corrupção.

Críticos dizem que o tamanho limitado do comitê executivo o torna pouco representativo.

"Eu gostaria de adotar o exemplo do Comitê Olímpico Internacional para evitar que isso aconteça no futuro", disse Blatter. Na proposta de Blatter, "o comitê executivo recebe 10 ou 12 exemplos (de candidaturas), as examina, sugere quais são melhores, e deixa que a assembleia geral vote. Essa seria uma solução para a Fifa, algo positivo."