Após volta aos campos, Abidal quer jogar final em Wembley

quarta-feira, 4 de maio de 2011 10:29 BRT
 

Por Iain Rogers

BARCELONA (Reuters) - O defensor do Barcelona e da seleção francesa Eric Abidal, que foi submetido a uma cirurgia em março para remover um tumor no fígado, quer recuperar sua melhor forma para disputar a final da Liga dos Campeões no final deste mês.

Abidal foi o jogador mais festejado pela torcida na noite de terça-feira no Camp Nou, quando entrou em campo como substituto nos minutos finais da partida de volta da semifinal contra o arquirrival Real Madrid. O Barcelona empatou em 1 x 1 e avançou com a vitória de 3 x 1 no resultado agregado.

"Espero estar pronto para a final", disse a jornalistas Abidal, que estava em ótima fase na carreira antes da cirurgia.

"Eu nunca tive esse experiência antes", acrescentou, referindo-se à incrível recepção de quase 100 mil torcedores que lotaram o estádio. "Posso sentir que as pessoas me amam e eu amo elas também, e vou tentar fazer meu melhor para ajudá-las dentro de campo, como sempre."

"Estou me sentindo bem, não fiz nada nas últimas três semanas e agora estou trabalhando muito. Meu sonho era voltar e ajudar a equipe, que está com tantas lesões."

A ausência de Abidal, além das lesões do zagueiro Gabriel Milito e dos laterais Maxwell e Adriano, deixou o técnico Pep Guardiola com muitos desfalques na defesa, e o volante Javier Mascherano foi improvisado para jogar na zaga ao lado de Gerard Piqué.

O capitão Carles Puyol, que geralmente joga como zagueiro, assumiu a posição de Abidal na lateral-esquerda, e o Barça conseguiu anular a formidável linha de ataque do Real formada por Cristiano Ronaldo, Gonzalo Higuaín e o reserva Emmanuel Adebayor.

"Estou feliz pelo grupo e pelos fãs", disse Abidal, depois que o Barcelona, campeão de 2009, classificou-se para sua segunda final da Liga dos Campeões em três temporadas e agora enfrentará o vencedor do duelo entre Manchester United e Schalke 04.

O Barça retornará ao estádio de Wembley, em Londres, na final de 28 de maio. Foi também em Wembley que os catalães conquistaram seu primeiro título na competição europeia em 1992, no qual Guardiola participou como jogador.