Real Madrid apela de decisão da Uefa

quinta-feira, 5 de maio de 2011 16:12 BRT
 

Por Brian Homewood

BERNA (Reuters) - O Real Madrid recorreu da decisão da Uefa, que rejeitara seus protestos pelo comportamento de jogadores do Barcelona e pela expulsão do meio-campo Pepe na primeira partida da semifinal da Liga dos Campeões, na semana passada.

A Uefa disse que o caso seria ouvido pelo seu órgão de apelação em 16 de maio.

O Barcelona venceu o primeiro jogo por 2 x 0, no estádio Santiago Bernabéu, em 27 de abril, e se classificou para a final com um empate por 1 x 1 no confronto no Camp Nou, na terça-feira.

O Real Madrid acusou os jogadores do Barça de encenação durante o jogo no Bernabéu.

O clube disse que o Barcelona demonstrou uma "conduta não-desportiva" e seus jogadores tinham "persistentemente simulado agressão contra eles, com o único objetivo de provocar os erros do árbitro", acrescentando que a expulsão de Pepe foi injusta.

A reclamação foi rejeitada na segunda-feira, quando a Uefa também recusou a reclamação do Barça contra o Real pelos comentários feitos pelo técnico do clube de Madri, José Mourinho.

O polêmico português menosprezou as conquistas de seu colega Pep Guardiola e sugeriu que havia uma conspiração entre árbitros para favorecer o clube catalão.