6 de Maio de 2011 / às 13:31 / em 6 anos

Vettel bate durante treinos para o GP da Turquia

<p>Carro danificado de Sebastian Vettel ap&oacute;s bater com for&ccedil;a durante o treino livre para o Grande Pr&ecirc;mio da Turquia. 06/05/2011 REUTERS/Osman Orsal</p>

Por Alan Baldwin

ISTAMBUL (Reuters) - O atual campeão da Fórmula 1, Sebastian Vettel, deu muito trabalho extra a seus mecânicos nesta sexta-feira, quando bateu com força durante o treino livre debaixo de chuva para o Grande Prêmio da Turquia.

O alemão de 23 anos, que largou na pole position nas três provas da atual temporada, rodou na pista escorregadia no final da curva oito e bateu de frente nas barreiras de proteção.

A bandeira vermelha foi erguida a 27 minutos do final da sessão, e os fiscais limparam a lama da pista enquanto a Red Bull amassada era colocada em um caminhão e levada de volta aos boxes.

“Tinha um pouco de água na saída. Eu não podia fazer nada”, disse pelo rádio o líder do campeonato, cujo companheiro de equipe, o australiano Mark Webber, terminou a sessão matutina em 11o, depois que seu carro deslizou e parou na barreira.

Fernando Alonso, da Ferrari, foi o mais rápido da bateria com uma melhor volta de 1min38s670, embora os tempos tenham tido pouca importância no frio circuito de Istambul.

O bicampeão foi seguido pelas Mercedes de Nico Rosberg, 1s402 atrás, e Michael Schumacher, seguidos pelas Renaults de Nick Heidfeld e do russo Vitaly Petrov.

O brasileiro Felipe Massa, que venceu três vezes na Turquia, foi o sétimo.

A McLaren ocupou a retaguarda, com Lewis Hamilton, vencedor do GP turco no ano passado, na 24a posição, enquanto seu companheiro de time Jenson Button só fez quatro voltas, já que a equipe decidiu se concentrar em treinar as largadas.

No final da sessão o britânico teve problemas no câmbio e parou, precisando de ajuda dos mecânicos.

Um pequeno capítulo da história foi escrito no trecho mais lento da reta dos boxes de Istambul, quando dois pilotos indianos fizeram uma volta cronometrada juntos pela primeira vez em num fim de semana de grande prêmio.

Karun Chandhok, piloto reserva da Lotus, recebeu mais tempo para correr ao invés do finlandês Heikki Kovalainen, enquanto Narain Karthikeyan, piloto regular da HRT, também estava na pista.

Chandhok, que estreou na HRT no ano passado antes de Karthikeyan assumir para a atual temporada, só havia participado brevemente da primeira sessão de treinos na Austrália em março, quando foi o primeiro a sair da reta dos boxes e logo bateu.

Karthikeyan não participou daquela sessão por problemas em seu carro.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below