Nadal sofre para derrotar algoz de Bellucci em Roma

quarta-feira, 11 de maio de 2011 19:16 BRT
 

Por Richard Allen

ROMA (Reuters) - Rafael Nadal esteve a dois games de sofrer uma surpreendente derrota em seu piso favorito, o saibro, antes de superar o italiano Paolo Lorenzi por 6-7, 6-4 e 6-0 na segunda rodada do Masters de Roma, nesta quarta-feira.

Depois que Novak Djokovic pôs fim à série de 37 vitórias consecutivas do espanhol na terra batida, no domingo, em Madri, um desanimado Nadal teve que virar o jogo para se classificar para as quartas de final em Roma e manter outro recorde: ele nunca perdeu duas partidas consecutivas no saibro.

"Joguei muito mal", disse Nadal a repórteres. "Estava ansioso, me senti lento e perdi bolas fáceis. Terminei o jogo melhor e no último set joguei bem".

Lorenzi, que eliminou o brasileiro Thomaz Bellucci na estreia, contou com o apoio da torcida em Roma para vencer o primeiro set no tie-break, após uma quebra de serviço para cada lado.

O clima festivo acabou quando Nadal quebrou o saque do italiano no primeiro game do segundo set. Lorenzi, 148o colocado no ranking, ainda devolveu a quebra, mas o espanhol conseguiu mais uma vez abrir vantagem e caminhou para a vitória.

O nervosismo de Nadal contrastou com a contundência mostrada por Djokovic, que fez 6-0 e 6-3 no polonês Lukasz Kubot, ampliando sua invencibilidade para 33 jogos.

Outro favorito, Roger Federer, derrotou o francês Jo-Wilfried Tsonga por 6-4 e 6-2.

Djokovic pode superar o número 1 do mundo Nadal no ranking esta semana se ganhar o título e Nadal não alcançar as semifinais. O espanhol foi o campeão em Roma em cinco das últimas seis edições da competição.

Djokovic enfrentará na terceira rodada o argentino Juan Ignacio Chela, que bateu por 6-4 e 6-2 o francês Gilles Simon.

Em outros resultados de quarta-feira, o espanhol Nicolás Almagro superou o norte-americano Sam Querrey por 6-3 e 7-6 (7-4), enquanto o suíço Stanislas Wawrinka venceu por 6-1, 3-6 e 6-2 o italiano Filippo Volandri.

 
O espanhol Rafael Nadal sofreu para vencer o italiano Paolo Lorenzi no Masters de Roma. 11/05/2011 REUTERS/Alessia Pierdomenico