Schumacher garante que continua motivado na F1

sexta-feira, 13 de maio de 2011 19:41 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Michael Schumacher afirmou nesta sexta-feira que ainda está motivado a correr na Fórmula 1, apesar da recente especulação de que ele estaria disposto a abandonar novamente o esporte que já dominou no passado.

As notícias sobre a nova aposentadoria de Schumacher ganharam força após o Grande Prêmio da Turquia do fim de semana passado, quando o piloto alemão, de 42 anos, disse à BBC que a "grande alegria" tinha passado.

"Eu não estava feliz com meu fim de semana na Turquia, mas houve sinais claros de avanços para nós como equipe", disse o heptacampeão mundial em uma prévia da equipe Mercedes para a corrida da próxima semana, na Espanha.

O alemão acrescentou que esses avanços "obviamente impulsionaram e renovaram minha motivação ainda mais".

"É mais que animador ver que o trabalho duro da equipe está começando a dar resultado", acrescentou. "Estamos todos determinados a progredir."

Schumacher ainda não subiu ao pódio desde que retornou ao esporte, no ano passado, após três temporadas de aposentadoria, e as chances de aumentar seu recorde de 91 vitórias parecem cada vez menores, diante do atual domínio de seu compatriota Sebastian Vettel, da Red Bull.

Schumacher terminou em 12o na Turquia no domingo, enquanto seu companheiro de equipe Nico Rosberg ficou em quinto.

(Reportagem de Alan Baldwin)

 
O piloto Michael Schumacher durante treino na Turquia, em 6 de maio. Schumacher disse que permanece motivado a correr na Fórmula 1, apesar de especulações de que ele poderia abandonar o esporte. 06/05/2011 REUTERS/Leonhard Foege