COI negocia extensão de contratos com três patrocinadores

quinta-feira, 19 de maio de 2011 13:03 BRT
 

Por Karolos Grohmann

LAUSANNE, Suíça (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) está em discussões para prorrogar a vigência dos contratos de patrocínio já existentes com a Acer, McDonald's e General Electric, de modo a incluir a Olimpíada de Inverno de Sochi 2014 e os Jogos do Rio de 2016, anunciou a entidade nesta quinta-feira.

O COI conta atualmente com 11 patrocinadores principais dos Jogos Olímpicos de 2012 em Londres, sendo que oito deles já prorrogaram ou assinaram contratos válidos até 2014 ou além, anunciou o chefe de marketing do COI, Gerhard Heiberg.

Cada empresa paga estimados 100 milhões de dólares pelo pacote de duas Olimpíadas, embora o COI não divulgue detalhes sobre os contratos individuais.

"Já temos oito contratos de patrocínio válidos até depois de Londres, e estamos negociando com a Acer, a General Electric e a McDonald's para prorrogar seus contratos", disse Heiberg à Reuters. "Para prorrogá-los até 2014-2016 ou, quem sabe, até 2020 também."

Heiberg disse que não quer que os contratos se estendam até depois de 2020. Para além dessa data, o COI pretende reformar seu programa de patrocinadores principais.

Os mais novos nomes a se juntarem à lista de patrocinadores são a Dow Chemical e a Procter & Gamble, no ano passado.

Heiberg disse que o COI também quer incluir um 12o patrocínio em tempo para os Jogos de Londres, tendo dito que 12 empresas é o número máximo que o COI deseja no programa de patrocínio.

As Olimpíadas de Inverno de 2014 sertã em Sochi, na Rússia, e os Jogos de 2016 acontecerão no Rio de Janeiro. A cidade-sede dos Jogos de Inverno de 2018 será eleita em julho, e o país que vai sediar as Olimpíadas de 2020 será escolhido em 2013.

A Atos Origin, Panasonic e Samsung já prorrogaram suas parcerias até os Jogos do Rio. Coca-Cola, Visa, Omega, Dow e Procter & Gamble já assinaram contratos válidos até as Olimpíadas de 2020.