Mano aguarda Ganso para fechar grupo da Copa América

quinta-feira, 19 de maio de 2011 15:01 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Com quatro novidades, entre elas o atacante do Fluminense Fred, que voltou a ser convocado para a seleção brasileira nesta quinta-feira, para os amistosos de junho contra Holanda e Romênia, o técnico Mano Menezes praticamente fechou o grupo para a disputa da Copa América, na Argentina, com exceção do meia Paulo Henrique Ganso, que se recupera de uma lesão na coxa.

"Existe uma única possibilidade (de entrar na lista), que não faz parte da relação de 28, que é Paulo Henrique Ganso. Vamos tomar essa decisão lá na frente para ter uma segurança maior", disse Mano Menezes em entrevista coletiva.

O meia do Santos se contundiu na primeira partida da final do Campeonato Paulista e a previsão é que precise de seis semanas para se recuperar da lesão na coxa. O prazo para a volta aos gramados coincide com a data marcada pelo treinador, 7 de junho, para a divulgação da relação de convocados para a Copa América de julho.

Outro camisa 10 da seleção brasileira, o meia Kaká, do Real Madrid, teve uma conversa com o treinador da seleção há duas semanas e falaram sobre uma possível volta do jogador ao time após a Copa América.

"Tive duas conversas bem objetivas com o Kaká: uma em outubro do ano passado e há duas semanas outra. Ficou claro entre a gente que nesse período da Copa América o Kaká ainda vai precisar fazer algumas atitudes na recuperação. É por isso que não faz parte nesse momento", afirmou.

"Na frente, se tudo for mais consistente e, se for possível, a evolução que ele sabe que precisa ter, podemos pensar diferente."

O meia Anderson, que voltou à seleção brasileira depois de um longo afastamento, parece emergir no momento como um plano B para a vaga de Ganso.

"Penso que um jogador que pode utilizar uma faixa de campo com característica de Ganso é o Anderson, que atuou de volante, mas não é volante e tem capacidade de armar mais o time", disse Mano.   Continuação...