26 de Maio de 2011 / às 15:27 / em 6 anos

Alonso coloca Ferrari na frente nos treinos em Mônaco

O espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, no segundo treino livre do Grande Prêmio de Mônaco. 26/05/2011 REUTERS/Max Rossi

Por Alan Baldwin

MÔNACO (Reuters) - Fernando Alonso fez a volta mais rápida no treino livre desta quinta-feira para o Grande Prêmio de Mônaco, levantando o ânimo da Ferrari após um início de temporada decepcionante para a equipe italiana.

O bicampeão mundial, vencedor duas vezes em Mônaco pela Renault e pela McLaren, marcou a melhor volta no circuito pelas ruas do principado em 1min15s123, na segunda sessão dos treinos livres.

O espanhol tinha feito a segunda melhor volta no período ensolarado da manhã, apenas 0s113 atrás do atual campeão mundial Sebastian Vettel, da Red Bull.

Vettel, vencedor de quatro das cinco corridas realizadas até agora, lidera o campeonato com 118 pontos contra 77 de Hamilton, e 67 de Webber. Alonso está em quinto lugar com 51 pontos, enquanto a Ferrari está em terceiro na classificação geral de equipes.

A volta de Alonso foi um impulso para a escuderia mais glamourosa do esporte, antes da corrida mais aguardada do calendário e depois de um humilhante desempenho na Espanha na semana passada, onde e Red Bull e McLaren dominaram o pódio.

O brasileiro Felipe Massa, companheiro de Alonso na Ferrari, terminou em quarto e sexto lugares nos dois treinos, respectivamente,

Lewis Hamilton, campeão de 2008 da McLaren, foi o segundo mais rápido do período da tarde, apenas 0s105 atrás de Alonso.

Vettel, o único entre os candidatos ao título que ainda não venceu em Mônaco, fez a quinta melhor volta depois do almoço.

O australiano Mark Webber, companheiro de Vettel na Red Bull e vencedor do ano passado sob o sol mediterrâneo, não conseguiu fazer tempo no primeiro treino, depois de sofrer um problema no câmbio. Ele ficou em oitavo na segunda sessão.

Michael Schumacher, heptacampeão mundial e pentacampeão em Mônaco, atingiu a barreira de pneus na curva Ste. Devote, recentemente recapeada, durante a manhã. Ainda assim o alemão,

O alemão, que travou as rodas na curva e tentou em vão levar sua Mercedes à área de escape,, ainda terminou em 10o lugar na primeira sessão.

Os danos foram mínimos e ele retornou para fazer o sétimo melhor tempo depois do intervalo.

Nico Rosberg, também da Mercedes e morador de Mônaco, cuja escola na infância fica muito próximo do circuito, ficou na terceira posição nas duas sessões.

O venezuelano Pastor Maldonado, que sempre foi veloz no circuito durante as categorias abaixo da F1, ficou em sétimo durante a manhã para a Williams, que ainda não conseguiu marcar pontos depois de cinco corridas. Seu companheiro Rubens Barrichello foi o 13o nas duas sessões.

A primeira sessão foi interditada por aproximadamente cinco minutos quando água começou a vazar na pista, aparentemente devido a uma tubulação rompida sob o asfalto.

Autoridades inspecionaram a superfície antes de permitir a retomada do treino.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below