Clijsters é derrotada no Aberto da França; Soderling avança

quinta-feira, 26 de maio de 2011 14:50 BRT
 

Por Mark Meadows

PARIS (Reuters) - A tenista belga Kim Clijsters foi eliminada na segunda rodada do Aberto da França ao perder nesta quinta-feira para a holandesa Arantxa Rus, enquanto o vice-campeão por duas vezes Robin Soderling avançou para a próxima etapa.

Andy Murray conseguiu vencer novamente, por 7-6, 6-4 e 7-5 diante de Simone Bolelli, enquanto a chinesa Li Na melhorou seu desempenho de primeira rodada com uma vitória de 6-4 e 7-5 contra Silvia Soler-Espinosa, em um dia nublado em Roland Garros.

Clijsters, segunda cabeça-de-chave e que foi dúvida no torneio feminino depois de machucar o tornozelo no casamento de sua prima, parecia afastar os efeitos negativos da lesão e de uma brisa gelada com um forte primeiro set, mas não conseguiu manter o mesmo ritmo e foi derrotada por Rus, com 3-6, 7-5 e 6-1.

Clijsters foi vice-campeã em 2001 e 2003, e a eliminação desta quinta-feira foi seu pior desempenho em Paris desde que estreou em 2000. A campeã do Aberto da Austrália e dos EUA também estava com 15 vitórias consecutivas em Grand Slams.

"Eu estava muito negativa na cabeça", disse Clijsters a jornalistas.

"Se eu não estivesse me sentindo como se pudesse disputar jogos difíceis, então não teria feito a decisão de vir até aqui."

Rus, número 114 no ranking mundial em apenas seu terceiro ano no torneio, estava animadíssima por ter derrotado uma 'heroína'".

O sueco Soderling perdeu a final do torneio nos dois últimos anos contra Roger Federer e Rafael Nadal.

O quinto cabeça-de-chave está sendo ofuscado em Paris, enquanto todas as atenções estão voltadas para Nadal, que teve dificuldades na primeira rodada, e seu rival Novak Djokovic, em impressionante forma. Mas Soderling mostrou que também é um candidato, com uma vitória de 6-3, 6-4 e 6-4 contra Albert Ramos.