28 de Maio de 2011 / às 21:41 / em 6 anos

Barcelona domina United e conquista Liga dos Campeões

Por Mitch Phillips

LONDRES (Reuters) - O Barcelona, inspirado pelo inigualável Lionel Messi, deu uma aula magna de futebol neste sábado e dominou o Manchester United por 3 x 1 na final da Liga dos Campeões, erguendo a taça europeia pela quarta vez.

Messi esteve no auge da inspiração durante todo o jogo, e os campeões espanhóis fizeram os campeões da Inglaterra parecerem desesperados diante de seus passes intrincados e seus movimentos fulminantes.

O United conseguiu de alguma maneira chegar ao intervalo com um empate em 1 x 1 depois que Wayne Rooney anulou o gol inaugural de Pedro, mas o Barcelona manteve o controle na segunda etapa.

Um gol soberbo de Messi e um tiro preciso de David Villa a 18 metros da rede sublinharam o domínio do time espanhol sobre a equipe que também derrotou na final de 2009.

Após uma reação de pouca duração do United no início, o Barça retomou as rédeas da partida e não deu sossego em suas investidas constantes na área do adversário.

UNITED DESMORONA

Embora o time inglês tenha mantido o oponente à distância com uma série de divididas desesperadas, acabou desmoronando aos 27 minutos, quando Xavi atrasou espertamente um passe e abriu espaço para Pedro conferir calmamente, chutando fora do alcance do goleiro Edwin van der Sar.

O United quase não parecia o mesmo time, mas mostrou porque chegou a três finais nas quatro últimas temporadas conferindo um belo gol de empate aos 34 minutos.

Rooney trocou passes com Michael Carrick e depois com Ryan Giggs até poder bater no alto da rede adversária.

A paridade no placar durou pouco e o Barça retomou o controle imediatamente após o intervalo, e após algumas tentativas assumiu a dianteira por mérito aos nove minutos da etapa complementar.

A defesa do United cometeu o erro fatal de deixar Messi à vontade na entrada da área, e o mestre argentino aproveitou bem chutando baixo e conferindo o 53 e mais importante gol de sua notável temporada.

Também foi ele quem armou o terceiro gol, penetrando na área e tocando para Villa, que bateu com classe de uma distância de 18 metros no canto superior da rede.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below