Após acidente, Pérez que voltar para corrida no Canadá

segunda-feira, 30 de maio de 2011 16:38 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O piloto mexicano Sergio Pérez deixou o hospital nesta segunda-feira, dois dias depois do acidente no treino classificatório que o impediu de disputar o Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1.

O piloto da Sauber de 21 anos, que sofreu hematomas pelo corpo e concussão cerebral, disse que vai fazer tudo o que for possível para estar de volta ao cockpit no Canadá, na próxima semana. "Tenho certeza que estarei dirigindo em Montreal", disse ele em comunicado da equipe.

Pérez, que bateu na saída do túnel na parte final do treino classificatório, fez exames finais antes de deixar o hospital Princess Grace no principado mediterrâneo.

"Eu me sinto bem. Tenho um pouco de dor na perna e no pescoço, mas é muscular e não há nada preocupante", acrescentou. "No domingo, eu me senti um pouco tonto, mas foi só isso. Graças à Deus estou saudável e ansioso para voltar ao carro."

O mexicano disse que conseguia se lembrar apenas de partes do acidente. "Por enquanto, eu não tenho lembranças do que aconteceu depois do primeiro impacto e dos procedimentos de resgate. Eu realmente não sei o que causou o acidente", explicou.

"O meu engenheiro de prova disse que não havia problema no carro. Eu só consigo imaginar que podia estar um pouco desligado ou freei em uma alteração no asfalto."