Hamilton não correu como um campeão, afirma Maldonado

segunda-feira, 30 de maio de 2011 17:13 BRT
 

Por Mario Naranjo

CARACAS (Reuters) - A atuação de Lewis Hamilton no Grande Prêmio de Mônaco foi imprópria para um ex-campeão da Fórmula 1, disse Pastor Maldonado nesta segunda-feira, depois que uma batida tirou a chance de o estreante venezuelano pontuar pela primeira vez na Williams.

"Estou um pouco triste, mas esse tipo de coisa acontece em corridas", afirmou Maldonado à televisão estatal em uma entrevista por telefone de Mônaco. "O que eu acho é que ele (Hamilton) pilotou como se não fosse um campeão da Fórmula 1."

Maldonado estava em sexto na corrida de domingo com poucas voltas para o final quando Hamilton, da McLaren, tentou forçar a sua passagem. Os dois carros bateram e o piloto da Williams ficou fora da pista, enquanto o campeão da F1 na temporada de 2008 Hamilton continuou antes de receber uma penalidade de 20 segundos depois da corrida e terminar em sexto.

"Eu não reclamei. Apenas terminei a minha corrida e comecei a discutir com a minha equipe sobre a próxima", disse Maldonado.

"Se os comissários decidiram penalizá-lo (Hamilton), é por uma razão ... que deve ser justa."

Depois da decepção com Maldonado, Rubens Barrichello ficou em nono para dar à Williams os seus primeiros pontos na temporada.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, tentou encorajar o jovem piloto. "Anime-se, meu conterrâneo! Melhores dias virão, meu irmão. Lembre-se que todo começo é difícil", disse Chávez via Twitter.