3 de Junho de 2011 / às 22:17 / 6 anos atrás

Brasil terá Fred, Neymar e Robinho contra Holanda

Robinho controla a bola em treinamento em Goiânia, 1o de junho de 2011. Robinho, Neymar e Fred formarão a linha de frente da seleção brasileira no amistoso de sábado contra a Holanda. 01/06/2011Ricardo Moraes

Por Pedro Fonseca

GOIÂNIA (Reuters) - Robinho, Neymar e Fred vão formar a linha de frente da seleção brasileira no amistoso de sábado contra a Holanda, numa tentativa do técnico Mano Menezes de encontrar a melhor maneira de jogar sem o meia Paulo Henrique Ganso.

Mano só pôde contar com Ganso como homem de criação em seu primeiro jogo à frente da seleção, a vitória por 2 x 0 sobre os EUA em agosto de 2010, e desde então o treinador ainda não encontrou um substituto para o jogador do Santos, que sofreu duas contusões jogando por seu clube.

Renato Augusto, do Bayer Leverkusen, e Jadson, do Shaktar Donetsk, foram as últimas opções testadas na posição, mas ambos deixaram a desejar. Quem teve melhor rendimento foi Lucas, do São Paulo, ao entrar como substituto no segundo tempo contra a Escócia, em março. O jogador estará mais uma vez no banco contra os holandeses.

Mano, que ainda espera ter Ganso recuperado de uma lesão na coxa a tempo de jogar a Copa América da Argentina, em julho, vai utilizar Robinho e Neymar abertos pelas pontas, com Fred - de volta à seleção pela primeira vez desde 2007 - jogando como referência dentro da área.

O meio-campo será formado por Lucas Leiva, Ramires e Elano, com Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva e André Santos completando a equipe. Júlio César será o goleiro.

"A gente mantém uma ideia tática, variando um pouquinho a característica porque a gente coloca o Robinho no lugar do Jadson. Robinho tem um pouco mais de característica de atacante do que armador, mas vamos fazer um balanço (defensivo), principalmente pelo lado direito", explicou o treinador em entrevista coletiva após o treinamento no estádio Serra Dourada.

A formação tática do Brasil será semelhante ao estilo de jogo tradicional dos holandeses, que também atuam com três homens de frente.

O meia Wesley Sneijder, carrasco do Brasil na Copa do Mundo de 2010 ao marcar os dois gols que eliminaram o Brasil nas quartas de final na África, foi cortado do amistoso com uma contusão, e os principais jogadores da equipe para o amistoso são os atacantes Robin van Persie, do Arsenal, e Arjen Robben, do Bayern de Munique.

Mano Menezes, no entanto, preferiu destacar a força do conjunto holandês como principal fator de preocupação para o Brasil.

"Vejo a Holanda como uma equipe que nos últimos 35 jogos me parece que perdeu só um. Isso é o que explica a Holanda, e não as individuliadades", afirmou.

O jogo com a Holanda serve de preparação para a Copa América. Na terça-feira a equipe ainda enfrentará a Romênia, em São Paulo, em partida que marcará a despedida dos gramados do ex-atacante Ronaldo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below