June 10, 2011 / 5:14 PM / in 6 years

Vettel bate no "Muro dos Campeões" de Montreal

2 Min, DE LEITURA

Piloto da Red Bull Sebastien Vettel durante primeira sessão de treino livre do Grande Prêmio do Canadá. Vettel bateu no "Muro dos Campeões" do circuito de Montreal, nesta sexta-feira, enquanto o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, liderou o treino. 10/06/2011Mathieu Belanger

Por Steve Keating

MONTREAL (Reuters) - O líder do Mundial de Fórmula 1, Sebastian Vettel, da Red Bull, bateu no "Muro dos Campeões" do circuito de Montreal, nesta sexta-feira, enquanto o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, liderou o primeiro treino livre para o Grande Prêmio do Canadá.

O campeão mundial Vettel, vencedor de cinco das seis corridas realizadas este ano, protagonizou o momento mais tenso do dia ao bater no muro na saída de uma chicane. O alemão, de 23 anos, saiu ileso, mas a lateral de seu carro ficou bastante danificada, e o treino foi interrompido.

"Subi na zebra e escorreguei na pista, e então bati no muro", disse Vettel à equipe pelo rádio. "Estou bem", acrescentou.

Vettel, que teve problemas nos freios antes do acidente, juntou-se a uma lista de ilustres que já bateram no mesmo lugar com o passar dos anos.

Após assistir a seu carro sendo rebocado, Vettel foi espectador pelo restante da sessão.

Rosberg, também alemão, mostrou que a Mercedes pode ser uma força ao longo do fim de semana ao completar a melhor volta no circuito Gilles Villeneuve, num dia de sol, com o tempo de 1min15s591. Fernando Alonso, da Ferrari, ficou em segundo, com 1min16s139.

O heptacampeão mundial Michael Schumacher, que detém o recorde de sete vitórias em Montreal, ficou em terceiro lugar, à frente de seu ex-companheiro de Ferrari Felipe Massa.

Vettel não foi o único a ter problemas, com Lewis Hamilton passando a maior parte do tempo na garagem.

O britânico, que venceu sua primeira corrida na F1 em Montreal em 2007 e liderou uma dobradinha da McLaren no ano passado, ficou em sexto, atrás do companheiro de equipe e campeão de 2009 Jenson Button.

O mexicano Sergio Pérez, que sofreu uma concussão cerebral após acidente no treino classificatório do GP de Mônaco no mês passado, voltou a guiar pela Sauber, ficando em 11o lugar.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below