Murray atropela Roddick e chega à final de Queen's

sábado, 11 de junho de 2011 15:39 BRT
 

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - O favorito da casa Andy Murray massacrou o norte-americano Andy Roddick em parciais de 6-3 e 6-1 em uma verdadeira aula de tênis e chegou à final do torneio de Queen's neste sábado.

Número quatro do mundo, Murray estava em perfeita forma e não teve adversário, fechando a partida em uma hora. No domingo ele enfrentará o francês e quinto cabeça de chave Jo-Wilfried Tsonga, que derrotou o britânico James Ward por 6-3 e 7-6 na outra semifinal.

Murray quebrou o serviço de Roddick já no primeiro game, e o resto do jogo lembrou uma exibição do escocês, que mostrou grande preparo às vésperas de Wimbledon.

"Tudo que ele tocou virou ouro", disse Roddick, de 28 anos, que bateu Murray em seu último encontro na semifinal de Wimbledon de 2009. "Ele estava bom demais para mim hoje."

Roddick, um dos melhores tenistas de grama do mundo, com três finais de Wimbledon no currículo, não teve repertório para a variedade do jogo de Murray.

Raras vezes seu saque temível foi tratado com tamanha despreocupação.

Houve momentos em que Murray parecia ter a bola em uma corda, levando Roddick para todos os lados, atraindo-o para a rede e disparando winners a gosto.

O escocês de 24 anos, recuperado da lesão no tornozelo sofrida durante sua batalha rumo à semifinal de Roland Garros, obteve uma dupla quebra de serviço no início do segundo set e passeou o resto da curta partida.   Continuação...

 
O favorito da casa Andy Murray (foto) massacrou o norte-americano Andy Roddick e chegou à final do torneio de Queen's neste sábado. REUTERS/Suzanne Plunkett