Recuperado de contusão, Pato confia em seguir como o 9 do Brasil

segunda-feira, 20 de junho de 2011 13:57 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O atacante Alexandre Pato, que ficou de fora dos últimos amistosos da seleção brasileira antes da Copa América devido a uma contusão no ombro, garantiu nesta segunda-feira estar totalmente recuperado, ao apresentar-se para o início da preparação do Brasil para o torneio.

O jogador do Milan foi substituído por Fred nos jogos contra Holanda (0 x 0) e Romênia (1 x 0) este mês, mas afirmou que acredita na retomada de sua vaga no time titular.

"Estou 100 por cento, até porque se estivesse lesionado não estaria aqui", disse a repórteres o atacante, que passou os últimos dias de férias no Rio de Janeiro, onde também fez fisioterapia.

"Estou tranquilo e respeito o Fred, mas vou trabalhar para jogar com a camisa 9. Vou jogar meu futebol e ajudar a seleção a buscar esse título", acrescentou.

Pato lembrou que a Copa América da Argentina, de 1o a 24 de julho, terá uma importância adicional para o Brasil, que por ser sede do Mundial de 2014 não vai disputar as eliminatórias.

Essa será a primeira competição oficial da equipe sob comando do técnico Mano Menezes, que pretende aproveitar o período junto aos jogadores para aprimorar seu sistema de jogo mais ofensivo, baseado numa linha de frente com três jogadores.

"Claro que vai ser diferente. Apesar de não jogar a eliminatória, vamos fazer da Copa América um teste para o Brasil e estou confiante", disse. "Vamos ter muitos dias, muito tempo junto e vamos buscar esse título. Todos vão dar 100 por cento para levantar essa conquista", disse.

O atacante do Fluminense Fred, que disputará a posição com Pato, afirmou que está "motivado" e disposto" para ser titular. Fred também foi convocado para a Copa América de 2007, na Venezuela, mas foi cortado sem nem entrar em campo devido a uma contusão.

"Vamos fazer de tudo para jogar e trazer esse título", disse. "Estou me sentindo bem. São todos jogadores de qualidade e essa briga por posição tem em todos os setores. Vou fazer de tudo para buscar meu espaço."   Continuação...