Fabíola Molina é pega no doping e perde índice para Londres 2012

terça-feira, 21 de junho de 2011 19:58 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A nadadora Fabíola Molina apresentou teste antidoping positivo para a substância metilhexanamina e perdeu índice conquistado para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e a vaga no Mundial de Xangai, em julho, informou na terça-feira a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (Cbda).

Fabíola, de 36 anos, teve teste positivo em exame realizado em 22 de abril, no Canadá, para a substância da classe dos estimulantes.

A atleta ficará suspensa por dois meses contados a partir da última competição, dia 8 de maio, e perderá os resultados obtidos nas competições que participou após o dia 22 de abril.

"O painel de controle de doping instaurado pela Cbda na segunda-feira, e presidido pelo Prof. Dr. Eduardo de Rose, considerou o histórico da atleta e o fato de ter ficado claro que não houve intenção de ganho de performance", disse a Cbda em seu site.

Fabíola, especialista no nado costas, disputou dois Jogos Olímpicos (em 2000 e 2008) e quatro Pan-Americanos, tendo conquistado cinco medalhas em Pans.