Serena, Venus e Wozniacki dão adeus a Wimbledon

segunda-feira, 27 de junho de 2011 18:21 BRT
 

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - Foram necessárias apenas duas horas em Wimbledon nesta segunda-feira para acabar com a expectativa de que as irmãs Venus e Serena Williams pudessem retomar seu domínio do Grand Slam na grama apesar dos vários meses sem jogar.

Primeiro, a atual campeã Serena foi eliminada pela francesa Marion Bartoli nas oitavas de final por 6-3 e 7-6 e, enquanto a notícia ainda era digerida no All England Club, a pentacampeã Venus foi derrotada pela búlgara Tsvetana Pironkova por 6-2 e 6-3.

A segunda-feira não foi negativa apenas para as norte-americanas que conquistaram nove dos últimos 11 torneios de simples para mulheres em Wimbledon.

A número um do mundo, Caroline Wozniacki, também foi eliminada, por 1-6, 7-6 e 7-5, pela eslovaca Dominika Cibulkova, deixando a campeã de 2004 Maria Sharapova como principal favorita ainda viva na competição. A russa, quinta pré-classificada, derrotou a chinesa Peng Shuai por 6-4 e 6-2.

Serena, sétima cabeça-de-chave e que recuperou-se de um grave problema de saúde este ano, salvou quatro match points mas não conseguiu evitar a derrota para Bartoli. A norte-americana não conseguiu encontrar seu ritmo contra a adversária nona pré-classificada e cometeu uma série de erros não-forçados na Quadra 1.

Bartoli fechou o primeiro set em seu sexto set point, e continuou a dominar Serena fazendo-a correr por toda a quadra até chegar à vitória.

A francesa chegou ao match-point no 12o game do segundo set, mas Serena mostrou toda sua força para salvar o game e levar o jogo para o tie-break.

Bartoli continuou sacando bem e conseguiu mais duas chances de fechar a partida, a primeira delas salva por Serena com um ace. Mas a francesa aproveitou a oportunidade seguinte, fechando o tie-break em 8-6.

"Vencer Serena é um sonho que se realiza, ela é uma das maiores campeãs da era dos abertos", disse Bartoli em entrevista à TV sobre a adversária, que é dona de 13 títulos de torneios do Grand Slam.

"Não foi fácil mentalmente, mas eu consegui e estou muito feliz. Ela é muito imponente. Se você olha para ela é difícil segurar a pressão, então eu tentei me concentrar apenas no meu próprio jogo."

 
Serena Williams lamenta lance durante a derrota para  Marion Bartoli em Wimbledon. 27/06/2011                  REUTERS/Toby Melville